15 opções de franquias para pontos pequenos

franquias-pontos-pequenosQuando você decide investir em uma franquia, precisa definir, também, qual é o melhor local para as suas instalações. Essa escolha passa por importantes decisões, já que os melhores lugares para instalar uma rede de franquias devem levar em conta o fluxo de pessoas que passa por ali, assim como o perfil e a classe da população que frequenta a região pretendida.

Mais: escolher um ponto requer cálculos na ponta do lápis, já que o valor do aluguel e das reformas para adaptar o local às necessidades do seu negócio farão toda a diferença no seu caixa.

Por isso, investir em franquias que exigem pontos pequenos pode ser uma boa alternativa para quem está começando e não tem tanto capital. “Espaços pequenos significam custos menores tanto de locação, como de aquisição do ponto e também da reforma. No entanto, você não pode sacrificar o tamanho da área necessária para poder expor a mercadoria e atender seu cliente”, destaca Luis Henrique Stockler, sócio presidente da ba}STOCKLER.

Dentre as opções, estão os quiosques, modelos enxutos e também com investimentos menores, ótimas apostas para quem quer entrar no franchising. “No entanto, é preciso ficar atento às dificuldades deste segmento. Se for quiosque em shopping, por exemplo, o contrato curto, de até seis meses, pode ser um empecilho para o negócio”, avalia o especialista.

Além disso, com a área menor também há menos espaço para a exposição e o atendimento, podendo ser mais difícil encantar o cliente. “O projeto tem de ser muito bem resolvido. E como a estrutura de pessoas e de produtos é muito enxuta, adequada ao tamanho do negócio, a operação deve ser muito bem pensada para ter alta eficiência no atendimento e na conversão de clientes”, esclarece.

A seguir, você confere algumas opções de marcas com franquias com pontos pequenos, em segmentos variados. Os dados são da ABF ou das próprias marcas e se referem exclusivamente a formatos até 50m².

15 – TRC Sustentável

Técnico Thiago Silva Perez

 

A rede faz o desenvolvimento e a comercialização de projetos voltados à sustentabilidade, auxiliando na preservação do meio ambiente. Fundada em 2004, a empresa adotou o modelo de franchising em 2013 e, atualmente, possui mais de 45 unidades em 15 estados brasileiros. A exigência de área mínima por unidade é de 20m².

Investimento inicial: R$ 75 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: nos 12 primeiros meses o franqueado paga royalties no valor de um salário mínimo nacional vigente. A partir do 13º mês, é o salário mínimo nacional vigente ou 5% do faturamento bruto, considerando o que for maior.
Faturamento médio mensal: R$ 30 mil
Prazo de retorno: de 10 a 14 meses

Fonte: Guia Franquias de Sucesso, publicado em 16 de março de 2017

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *