Dicas para um Carnaval consciente e sustentável

Celebration
Foto: Google

Carnaval está chegando e uns aproveitam o feriado para foliar e festejar bastante. Já outros preferem descansar durante esses dias de folga e curtir uma programação mais leve. Seja qual for sua opção, é possível aproveitar a maior festa do Brasil de forma consciente e sustentável. Sem agressão a natureza e ao meio ambiente. Por isso, separamos algumas sugestões simples e práticas, que valem tanto para os foliões como também para quem vai curtir outra programação neste período.

Respeite o espaço público!

Fazer xixi no asfalto, destruir placas de sinalização, subir em cima de árvores e depredar monumentos não tem nada a ver com diversão, mas sim com falta de cidadania. Aproveite o feriado sem destruir os lugares por onde passar. Lugares como Ouro Preto, em Minas Gerais, e Salvador, na Bahia, são cidades históricas, que abrigam construções centenárias que não merecem ser destruídas em quatro dias de festa.

Lugar de lixo é no lixo!

A sujeira que o Carnaval deixa nas cidades é um dos maiores problemas do pós-feriado: latas de alumínio, garrafas de vidro, copos plásticos e panfletos de divulgação são facilmente encontrados nas ruas, entupindo bueiros e aumentando o risco de enchentes. Leve consigo um saquinho para guardar seu lixo até encontrar um local apropriado para o descarte.

Consciência na estrada!

Essa é uma época muito intensa nas estradas, por isso, o cuidado e atenção deve ser redobrada. Organize para viajar com o carro na capacidade máxima permitida de ocupantes, reduzindo assim os impactos financeiros e ambientais da viagem. Faça uma vistoria completa no carro antes de pegar a estrada. Programe a saída de casa em horários de menos trânsito, reduzindo desta forma o tempo em marcha lenta e emissão de gás carbono.

Desconecte-se!

Se você for viajar, não esqueça de tirar da tomada todos os aparelhos eletroeletrônicos – como televisão, computador e microondas. Ao tirar esses equipamentos da tomada, quando eles estão fora de uso, pode reduzir a conta de luz em até 25%.

Economize água!

Cidades turísticas podem enfrentar falta de água em épocas como o Carnaval e por isso vale a pena lembrar de fazer a sua parte evitando desperdícios. O consumidor consciente pode evitar tais problemas redobrando os cuidados com a água: brincando sem gerar desperdícios, tomando banhos mais curtos e aproveitando o calor para desligar o chuveiro, caso demore ao se ensaboar ou para aplicar cremes nos cabelos.

Recicle fantasias!

As fantasias de Carnaval são usadas, em geral, apenas por um dia. Para chegar até o consumidor, uma fantasia utiliza matérias primas, água e energia em sua produção, distribuição e transporte. Que tal reutilizá-las, trocá-las com amigos ou reformá-las? Utilizando a mesma fantasia mais de uma vez, o consumidor consciente dilui ao longo do tempo os impactos negativos ocorridos na produção dos materiais que compõem a fantasia. Além disso, evita que ela seja jogada fora e, assim, aumente a quantidade de lixo produzido desnecessariamente.

Eu quero é sossego!

Aqueles que moram em cidades que não são destino de foliões e que não vão viajar, podem aproveitar a tranqüilidade e o tempo livre em atividades que valorizam o maior convívio com os amigos e/ou com a família. Caminhadas, visitas a parques, museus e centros culturais são algumas sugestões que estimulam o bem estar, não custam dinheiro e não consomem recursos naturais.

Emmanuel Tomaz ( com informações do instituto Akatu e Planeta Sustentável)