Onu lança guia com dicas de ações sustentáveis para salvar o planeta.

 

Apagar as luzes ao sair, imprimir apenas o necessário, pagar as contas online são algumas das 42 dicas lançadas no “Guia do Preguiçoso para Salvar o Mundo” que a Organização das Nações Unidas (ONU) lançou para ajudar a melhorar a vida no planeta. O guia é direcionado a qualquer pessoa, que pode sim fazer a diferença mudando apenas alguns desses pequenos hábitos cotidianos. É um incentivo para que todos entendam que a mudança começa por nós, mesmo que seja o ser humano mais indiferente e preguiçoso.

“Não são só os governos que têm que fazer alguma coisa. Se a gente não fizer alguma coisa, a gente não vai ter um planeta sustentável para todo mundo. Então, é parte de todo mundo. É trabalho de todos. Você imagina se todo mundo fizer um pouquinho? Ele vira muito”, disse a oficial de Comunicação da ONU no Brasil, Roberta Caldo.

Level-1-5

Level-3-9

 

Level-2-Heroína-11

O Guia do Preguiçoso traz dicas divididas em categorias: Sofá Superstar, Heroína ou Herói da Família e Pessoa Legal do Bairro, de acordo com o grau de envolvimento e dificuldade da mudança de comportamento. A campanha está no ar no site e das redes da ONU Brasil desde o dia 10 de dezembro, data em que marca o Dia Internacional dos Direitos Humanos, quando a Assembleia Geral da ONU adotou, em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos, que completa 70 anos em 2018.

A lista com as 42 dicas do Guia estão disponíveis no site das Nações Unidas.

Emmanuel Tomaz, com informações das Nações Unidas.

O vídeo do Urso Polar faminto expõe o impacto das mudanças climáticas

A filmagem captada no Ártico do Canadá oferece um olhar devastador sobre o impacto que as mudanças climáticas estão a ter nos ursos polares na região, mostrando um urso faminto a cambalear, enquanto procura alimento desesperadamente.

A cena foi registada pelo grupo de conservação Sea Legacy durante uma expedição no fim do verão na Ilha de Baffin. “Toda a minha equipe estava a aguentar as lágrimas e as emoções enquanto documentava o urso polar moribundo”, escreveu o fotógrafo Paul Nicklen nas redes sociais depois de publicar as filmagens nesta semana.

O urso, que não era velho, provavelmente morreu poucas horas depois de ser filmado, disse Nicklen. “Isto é o que parece a fome. A atrofia muscular. Nenhuma energia. É uma morte lenta e dolorosa ”
Este é um problema de todos nós. Recorde-se que o Papa Francisco já, por diversas vezes, apelou para uma “resposta colectiva responsável” sobre as mudanças no clima e o aquecimento global.

Publicado em: Blog

Combustíveis sustentáveis

18eitwf75bcpijpg
Imagem: Google

Hoje em dia se ouve falar de dezenas de tipos de combustíveis ecológicos e, muitas vezes, lembramos somente do nosso álcool. Mas aqui vamos mostrar outros tipos de energia usada nos carros ecológicos. São eles:

GPL
Não é considerado um combustível ecológico, embora se comparado com os outros combustíveis fósseis ele é mais limpo, econômico e emite menos gases. Apesar disso é produzido à partir do petróleo e por essa razão nem todos o consideram ecológico.

Solar

Os carros solares usam painéis fotovoltaicos para converterem a luz do sol em energia. Em termos de consumo, estes carros fazem cerca de três mil km com a energia que está presente em cinco litros de combustível normal. Os carros solares são produzidos de forma aerodinâmicos e com local para a colocação dos painéis solares.

Elétrica

Os carros elétricos são capazes de fazer exatamente o mesmo que os carros ditos normais. Em vez de tanques de combustível, estes carros usam baterias para acumular a eletricidade e fazer o carro movimentar-se. Os motores elétricos são extremamente silenciosos.

Biocombustível

Estes combustíveis têm uma origem biológica. As plantas necessárias para a sua produção são cultivadas em larga escala pelo mundo fora. Apesar de produzirem alguma poluição, o valor é muito mais reduzido do que os combustíveis normais.

Hidrogênio

O hidrogênio está presente em larga escala na nossa atmosfera e é por isso um combustível barato. Não emite gases poluentes mas tem como problema atual o fato de ainda não ter conseguido retirar um bom rendimento de um carro movido a hidrogênio.