Conheça as vantagens de investir em franquias no interior

11534-2017-01-27-02-21-57-interiior
Conheça as vantagens de investir em franquias no interior: Sair de grandes centros urbanos tem sido uma estratégia adotada por muitas redes de franquias para diminuir custos e ganhar mercado

As cidades do interior há muito deixaram de ser sombras das capitais dos estados brasileiros. De acordo com a ABF, só o interior de São Paulo possui mais de 600 redes de franquias em operação, que juntas somam quase 12 mil unidades. Os principais segmentos são alimentação (26%), esporte, saúde, beleza e lazer (15%) e educação e treinamento (13%). “O interior de São Paulo é um mercado onde ainda há muitas oportunidades para quem quer iniciar ou ampliar o seu negócio. O franchinsing é um setor consolidado no país, excelente opção para quem quer empreender”, disse Ricardo José Alves, diretor regional da ABF no interior de SP.

Expandir fora dos grandes sempre centros sempre foi mais atrativo para a Acqio Franchising – a marca desde sua criação, em 2015, buscou crescimento prioritário pelo interior dos estados. Kawel Lotti é diretor executivo rede de franquias especializada em pagamentos eletrônicos via POS (maquininhas de cartões), e segundo ele, “O nosso principal diferencial é oferecer um atendimento presencial e local em mais de 500 cidades do interior. Nesses municípios os nossos principais concorrentes não tem atuação presencial. O que chama atenção desse público para a marca? Nossa missão sempre foi de inclusão, disponibilizar para pequenos lojistas e profissionais liberais as mesmas soluções de pagamento eletrônico e parcelamento (até 12 vezes) como atuam os grandes varejistas”, falou.

Para isso, o executivo confia não só no desenvolvimento que proporciona ao mercado, mas também nos valores que apresenta. “Nossos preços das maquininhas são bem acessíveis – a partir de R$718, sem cobrança aluguel e taxas de transações baixas”, explicou.

“Atualmente está saindo de cena o velho fiado e outras formas de pagamentos típicos do interior, dando espaço ao comércio de pagamentos eletrônicos. Isso porque a segunda maneira permite o real recebimento e de forma bem segura. Estamos promovendo um trabalho de inclusão em todas as regiões do país, mas nossa meta é chegar aos interiores dos estados, lugares bem remotos”, explicou o gestor da empresa completando que a marca pretende chegar a mil unidades até o fim deste ano.

Kawel revela que a expectativa é positiva para os planos de expansão. “Vamos ter um produto barreira de entrada com custo muito agressivo. Nossos produtos atendem o público que precisa viabilizar as vendas por meio do pagamento de cartões, porém tem menor poder aquisitivo. Com essas forças a nosso favor, o objetivo para 2017 é superar 400 novas franquias no interior dos estados”, ressaltou Lotti.

“Os altos preços dos imóveis nos grandes centros urbanos, além do custo e qualidade de vida nestes locais, associado ao aumento potencial de consumo dos moradores em cidades do interior, tem tornado essas pequenas cidades promissoras para quem deseja investir. Por estes motivos que buscamos franqueados nessas regiões”, explica o diretor da TRC Sustentável (Tecnologia em Redução de Custos), rede de franquias que presta serviços e soluções em economia de água para imóveis físicos e jurídicos.

Apostar no interior não é mais um tiro no escuro, mas o mercado ainda está em expansão e se mostra ideal para modelos mais compactos, como o Vivenda em Casa, microfranquia criada pela rede Vivenda do Camarão. Segundo a rede, como muitas regiões no país não tem o suporte necessário para receber uma franquia tradicional da Vivenda, eles lançaram esse modelo de negócio, cujo investimento inicial é a partir de R$ 30 mil. O franqueado pode trabalhar de casa vendendo diversos produtos como pratos prontos congelados e bebidas, por um preço mais acessível, 30% mais barato que os valores praticados pelo mercado.

A A PremiaPão,rede de franquias especializada em propaganda em saco de pão, usa até mesmo um valor diferenciado em sua estratégia de expansão no interior do país: em cidades de até 100 mil habitantes, o investimento no modelo de negócio é de R$6 mil.

O objetivo é viabilizar cada vez mais seu crescimento, e por isso desenvolveu essa valor diferenciado com faturamento médio mensal de até R$ 6 mil, que possui um retorno do investimento de 1 a 2 meses. Segundo o diretor executivo de expansão e comercial da rede, Diego Castro, essas “pequenas” cidades estão em franca expansão o que possibilita o desenvolvimento da marca – até mesmo porque os grandes centros estão saturados pela grande oferta de demais empreendimentos. Além disso, é típico do interior manter a tradição da família reunida à mesa. Eles se juntam para encontros de almoço, até o café da tarde. E sempre há a mesa, o famoso pão de padaria – nada mais do que o principal fomentador dos trabalhos da PremiaPão!

Outra vantagem apontada foi o fato de os franqueados conseguirem se aproximar mais dos anunciantes e a oferta de mercado ser menor, o que aproxima o contato entre franqueado e anunciante. Nesse caso, a prospecção dos negócios se torna mais ampla e eficiente. Por ser uma mídia de alto impacto, que atinge uma média de 120 mil pessoas a cada tiragem (30 mil saquinhos), em uma cidade pequena, por exemplo, a probabilidade é que todos ou a maioria das pessoas sejam impactadas pela publicidade no saquinho. A meta da é inaugurar 113 unidades até o final deste ano nestas localidades.

Aproximadamente 60% da rede de franqueados da Bidon Corretora de Seguros esta em cidades do interior e a meta de crescimento para essas regiões é de 15% em 2017, principalmente, em cidades do estado do Rio Grande do Sul, onde a marca nasceu em 2010, além de Minas Gerais e São Paulo.

“Percebemos que as grandes capitais normalmente já estão com mercado altamente competitivos, tornando mais complexo a consolidação da marca por parte do franqueado. E em nossa área de atuação é fundamental um bom ciclo de relacionamento, fato que podemos encontrar em cidades do interior, onde podemos observar também uma grande vantagem chamada ‘fidelização ao franqueado’”, explica Henrique Mol, diretor executivo da marca.

Fonte: Sua Franquia (publicado em 27/01/2017)

Informações para a imprensa:
Fatos&Ideias Comunicação – (17) 3216-5809 – fatoseideias@fatoseideias.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *