Em busca de alternativas para reduzir o consumo de plástico no mundo, o Chile é o primeiro país da América Latina a abolir totalmente o uso em qualquer tipo de estabelecimento comercial. Este era um pedido antigo de ambientalistas que alertavam sobre a poluição de rios e mares. A nova regra passa a valer daqui um ano para grandes varejistas e, em dois anos, para pequenos negócios.

A ideia inicial era banir o uso do plástico apenas na região da Patagônia, mas ela foi estendida. Segundo a ministra do meio ambiente, Marcela Cubillos, será necessária uma mudança cultural na forma como os cidadãos fazem compras e no uso das sacolas plásticas em suas casas.

Dados

Segundo a Associação das Indústrias de Plástico (Asipla) do país, o Chile usa 3,4 milhões de sacolas plásticas por ano, o que equivale a aproximadamente 200 por pessoa. A entidade estima que as sacolas levam segundos para serem produzidas, são usadas durante um período de 15 a 30 minutos, mas demoram 400 anos para se decomporem na natureza.

Emmanuel Tomaz, com informações da Revista Época